21.11.17

Chá de hibisco

Chá de hibisco

O hibisco Hibiscus Sabdariffa L é uma planta de flor que chama a atenção pela sua beleza e qualidades. Os seus cálices florais depois de secos resultam numa linda infusão de tom avermelhado, que promete bons resultados nas dietas de emagrecimento e oferece múltiplos benefícios à saúde. A bebida contém várias substancias antioxidantes, entre elas flavonoides dentro dos quais as antocianinas, que apresentam um efeito cardioprotetor, vasodilatador e e reduzem o acumulo de gorduras.

A flor de hibisco utilisada nos chás, não é a mesma das plantas ornamentais (hibisco da china ou rosa sinensis) vistas nos jardins e nos vasos. Antes de comprar certifique-se analisando o nome cientifico da planta: Hibiscus Sabdariffa L.


Principais benefícios e propriedades do chá de hibisco


Chá de hibisco ajuda a emagrecer: Não só ajuda a emagrecer como evita a acumulação das gorduras, principalmente as localizadas na região do abdómen e quadris. O chá de hibisco reduz a adipogênese um processo que leva ao acumulo do tecido adiposo branco, conhecido por TAB.  além disso apresenta acção termogénica, um efeito que permite aumentar o metabolismo e aumentar o gasto de energia. Beneficia aínda da acção diurética que possibilita o aumento do fluxo da urina, ajuda a renovar os fluidos do corpo e favorece a eliminação de toxinas, facilitando a regulação do peso corporal.

Melhora a saúde coração: Como já foi referido o hibisco detém propriedades antioxidantes, que favorecem o fluxo sanguíneo, reduzem o colesterol, melhoram a flexibilidade dos vasos sanguíneos e diminui a ocorrência das doenças cardiovasculares.

Reduz a hipertensão: O chá de hibisco ajuda a reduzir os quadros de tensão elevada, mesmo em pessoas saudáveis. Este desempenho deve-se à sua diurética e a sua capacidade de de dilatar os vasos sanguíneos. Conta ainda com a redução da sensação de pernas inchadas.

Possui acção antioxidante que permite combater os radicais livres e a sua acção negativa sobre as células, desacelerando o envelhecimento precoce que leva a inúmeras doenças como o cancro. A planta contém substancias que combatem as células cancerígenas, especialmente as que atacam a pele e o cérebro. Contudo não é indicada a quem esteja em processo de tratamento e quimioterapia ou radioterapia, sob o risco de causar complicações

Outros benefícios do hibisco: Reduz a incidência de diabetes tipo 2, diminui os níveis de lipídio e glicose na circulação sanguínea. Ajuda a regular o intestino. Tem acção expectorante, o que torna útil nos sintomas de tosse e vias respiratórias obstruídas. Conta aínda com acção sedativo, o que o torna um remédio útil no alivio da ansiedade e stress.

Malefícios e contra indicações do chá de hibisco


Como qualquer outra planta o hibisco poderá causar alguma toxidade quando consumido em excesso. Não é recomendado a gestantes, pessoas que sofram de tensão baixa, mulheres que pretendam engravidar ou que sofram de TPM.

Pessoas com tensão baixa ou que que tomam medicamentos com o fim de baixar a pressão arterial, devem evitar a toma do chá, sob o risco de baixar em demasia e ocorrerem complicações: tonturas, fraqueza e desmaio, podendo levar a danos irreversíveis em caos mais graves.

Não é recomendado a mulheres que pretendam engravidar. Segundo um estudo realizado na Índia na Guru Jambheshwar Universidade de Ciência e Tecnologia e publicado no CAM (Jornal de medicina Alternativa), o chá de hibisco pode afectar a fertilidade feminina. Parece que o consumo diário desta infusão altera os níveis de estrogênio e pode inibir a ovulação nas mulheres, levando a uma infertilidade transitória.

Não é recomendado a mulheres que sofram de tensão pré menstrual (TPM) ou outros quadros similares, a toma regular do chá de hibisco pode piorar os sintomas.

Existem alguns relatos de pessoas que sofreram efeitos alucinógenos, se não estiver familiarizado com a bebida, tome precauções, evite conduzir ou utilizar máquinas.

Como consumir o hibisco


Em infusão que pode ser feita com qualquer parte da planta, porém a parte mais utilizada é o cálice da flor. Sendo indicada como diurética, calmante, emoliente, anti escorbútica e estomáquica. Conta com os princípios activos: oxálico, oxalato de potássio e carboidratos.

Preparação da infusão de hibisco: Coloque uma colher de sopa da planta em 500 ml de água a ferver. Deixe em repouso cerca de 5 minutos. Coe e beba ao longo do dia entre as principais refeições.

A flor de hibisco pode igualmente ser consumido na forma de maceração.
 Preparação da maceração de hibisco: Mergulha-se uma colher de sobremesa de flor num litro de água e deixa-se em repouso de um dia para o outro. No dia seguinte beba assim simples ou misture no liquidificador com as suas frutas preferidas na quantidade desejada.

Não ultrapasse a dose diária de 1 litro de chá e tome no máximo por dois meses. Faça uma pausa de um mês e retome o ciclo novamente.

O hibisco é também conhecido por vinagreira, azedinha, quiabo azedo, quiabo roxo, caruru da Guiné, caruru azedo, sorrel, roselle, rosélia, cuchá e karkade. Na Itália a infusão é conhecida por por chá Italiano ou carcade.
Nenhum comentário:
Postar um comentário

LinkWithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...