14.2.17

Benefícios do nabo para a saúde

Benefícios e propriedades do nabo à saúde

O nabo é um vegetal de raiz,muito rico em nutrientes, vitaminas, minerais, com baixo teor calórico e inúmeras vantagens para a saúde.
O nabo é purificador do sangue, refrescante, diurético, antiescorbútico, alcalinizante, expectorante, laxativo, tonificante, entre outros.
Encontra-se nas mais variadíssimas formas e tamanho, com coloração única ou bicolor.

Principais propriedades medicinais e benefícios do nabo 


Benefícios do nabo para o coração: Segundo a comunidade cientifica o nabo é um alimento chave na prevenção das doenças cardiovasculares. É detentor de propriedades anti inflamatórias, controla o colesterol e encerra uma quantidade considerável de folatos, uma vitana B que é fundamental ao sistema cardiovascular. Conta aínda com a presença do potássio que têm função vasodilatadora, reduz a pressão arterial e leva a um menor esforço do coração.

Vantagens do nabo para o aparelho digestivo: Os nabos são antioxidantes e ricos em fibras que são essências ao bem funcionamento do sistema digestivo e bom desempenho do cólon. As fibras estimulam a evacuação, previnem a prisão de ventre, ajudam a eliminar toxinas, e diminuem as crises de diverticulite, já que aliviam a pressão e a inflamação do cólon.
Alguns estudos sugeriram que glucosinolatos contidos nos nabos, também são benéficos nos quadros de gastrite provocados pela bactéria pylori.
3 nabos médios fornecem aproximadamente 20 % da necessidade diária de fibras. (Propriedades e benefícios das fibras)

Benefícios do nabo na perda de peso: Os nabos contém poucos hidratos de carbono, são ricos em água e em fibra, que ajuda a regular o metabolismo e a manter o controle do peso. Este vegetal é rico em nutrientes, mas contém fibras e um baixo teor calórico, uma chávena de nabo cozido representa apenas 30 calorias.

O nabo fortalece o sistema imunológico: O nabos são compostos por vitaminas que actuam como antioxidantes.  Protegem o organismo das agressões diárias e neutralizam os radicais livres, que podem provocar vários tipos de doença cronicas como o cancro. Dentro destas vitaminas, encontra-se a vitamina C, que estimula a produção de glóbulos brancos, essenciais à defesa do corpo e promove a produção de colágeno, fundamental à prevenção do envelhecimento precoce.

Benefícios dos nabos na saúde dos ossos: O nabo  é uma excelente fonte de cálcio e potássio, dois minerais fundamentais ao crescimento, preservação e saúde dos ossos. Contém a vitamina A, que entre outras propriedades e benefícios, ajuda a proteger a membrana que reveste a articulações.

Propriedades do nabo contra o cancro: Os nabos contém vitamina C, manganês e outros nutrientes que ajudam a combater os radicais livres, os principais responsáveis por certas mutações no DNA que podem levar ao cancro.

Curiosidades sobre os nabos


Segundo o filósofo Plinio o Velho, o nabo era um dos alimentos mais importantes do seu tempo.

Pessoas com pré disposição para problemas de tiróide, devem ter algum cuidado com a ingestão deste vegetal. O nabo contém progoitrina e a gluconasturtina, duas substancias que alteram a produção de hormonas e que podem aumentar a disfunção da tiróide nos casos de hipotireoidismo. Neste casos deve-se consumir o nabo apenas cozido, ao que tudo indica a cozedura elimina a acção destas duas substancias.

Na culinária o nabo pode ser consumido em sopas, saladas ou como componente de outros pratos. Em Portugal é comum cozer a cabeça de nabo e servi-lo acompanho pelo molho da carne ou do peixe. Nas saladas ele pode ser ralado juntamente com cenoura, maçã ou beterraba.

Na hora de escolher os nabos prefira os macios, pesados e frescos. Evite os de tamanho grande, costumam ser mais fibrosos. Na hora de conservar, coloque-os num saco plástico dentro do frigorífico.
7.2.17

Benefícios do mangericão

Benefícios e propriedades do mangericão

O manjericão uma planta medicinal com grande popularidade como erva culinária e mística. Há séculos que ele é utilizado por várias culturas, em fins medicinais, místicos, religiosos e culinários. É utilizado no alivio de inflamações dos brônquios, espasmos gástricos, gases intestinais, depressão, insónias e vertigens entre outros.
O manjericão é principalmente reconhecido pelas suas propriedades desintoxicantes, antissépticas, calmantes e expectorantes. Oferece vários nutrientes essenciais ao corpo e à mente, inclui vitaminas A, C e K e magnésio, manganês, cálcio, cobre, potássio, ferro e betacaroteno.

As propriedades medicinais e os benefícios do manjericão


Tratamento de gripe e resfriados: O manjericão melhora o sistema imunológico e contém propriedades antibacterianas, antissépticas e anti inflamatórias, que ajudam a proteger o organismo das infecções. Esta planta medicinal também é sudorífica e diurética, ajuda a baixar o febre, a congestão, a tosse e o nariz entupido.
É recomendado beber em infusão ou mastigar as folhas da planta.

Trata problemas de estômago: O manjericão melhora a saúde do sistema digestivo, combate dores de estômago, acelera a digestão e estimula o apetite. Impede o inchaço, evita  acidez, o vomito, as cólicas intestinais e a diarreia.

Melhora a saúde do coração: O manjericão contém magnésio, que melhora a capacidade e flexibilidade dos vasos sanguíneos, consequentemente beneficia a circulação sanguínea e reduz a tensão elevada. Esta erva medicinal também contém anti oxidantes que ajudam a reduzir o mau colesterol e aumentar o bom, prevenindo a formação de placa e acumulo de gordura nas paredes das artérias.

Prevenção de doenças degenerativas: O manjericão possui compostos fenólicos com uma grande capacidade antioxidante, que atum sobre os radicais livres impedindo os seus efeitos adversos como o envelhecimento precoce e certas doenças degenerativas como o cancro, doenças cardiovasculares e as neurodegenerativas como o Alzheimer e o Parkinson.

Melhora a saúde bocal e reduz o mau hálito: Mastigar manjericão restringe a evolução dos germes instalados na boca, reduz a inflamação das gengivas, atenua as dores de dentes e elimina o mau hálito.

Benefícios do manjericão na pele: Esta erva medicinal contém propriedades antissépticas e antibacterianas, que ajudam a melhorar várias adversidades da pele. Deve ser amassado e aplicado directamente sobre picadas de insectos, acne, feridas e eczema. Devem contudo ter algum cuidado, pela possibilidade de causar alergias em pele mais sensível.

Acalma e trata os seios doridos e gretados: Tradicionalmente o manjericão é usado sobre os seios doridos e gretados depois da amamentação. Emprega-se a pasta das folhas em compressas sobre o peito das mães.

Os poderes ocultos e mágicos do manjericão


Acredita-se que o manjericão atrai a boa sorte, traz paz, dinheiro e felicidade. Protege contra todas as formas de mal e evita discussões.

É costume colocar vasos de manjericão pela habitação, afim de evitar a entrada de energias negativas. Quando dado em presente ele aporta boa sorte para uma casa nova.

Quando colocado nos bolsos, atrai riqueza. Também é utilizado nos estabelecimentos comerciais, com o intuito de atrair lucros e fregueses.

Curiosidades sobre o manjericão


O manjericão é uma planta herbácea da família das mentas, que também são lamiáceas. Existem cerca de 150 variedades, todas elas com propriedades semelhante, sendo uma delas o nosso manjerico dos santos populares. É originário do Médio Oriente, e da Índia e da região Mediterrânica.

Alega-se que crescia manjericão ao redor do túmulo de Jesus Cristo após a sua Ressurreição. Por tal aínda hoje se usa as suas folhas para benzer a água nas igrejas Ortodoxas e colocam-se vasos desta planta no altar.

Na Índia o manjericão é conhecido por tulsi (Ocymum demiflorum), é considerado uma planta sagrada, fundamental ao crescimento e equilíbrio espiritual . É habitualmente plantado à volta dos templos.

Também os antigos Gregos e Romanos o tinham como uma planta simbólica, acreditavam nos seus poderes de reconciliação. Ainda hoje o manjericão, mais propriamente o manjerico dos Santos populares,  marca a sua presença nas aldeias Gregas, onde deixa a pairar no ar o sua doce fragrância. São plantados à entrada das casas com o fim de dar as boas vindas e de afastar as moscas.

Aplicações do manjericão na culinária


O manjericão combina muito bem com queijo fresco, com tomate e derivados, é a erva aromática de excelência para aromatizar molhos de tomate, pizzas e massas. Enriquece as saladas, sopas, pratos de porco, de cordeiro e pratos Italianos.
A fim de manter a frescura, aroma e propriedades, é recomendado que seja acrescentado aos pratos,só na etapa final da receita.

Como preparar a infusão de manjericão


Para fazer esta infusão vai necessitar de:

10 folhas de manjericão (aproximadamente)
1 litro de água e uma chávena de água

Leve a água ao lume até atingir a fervura. Desligue o calor e acrescente as folhas de manjericão limpas, tape e deixe descansar por aproximadamente 10 minutos. Coe e beba normalmente.
26.1.17

As várias utilidades do sal

As várias utilidades do sal da cozinha

O sal das nossas cozinha também conhecido por cloreto de sódio, têm imensas aplicações, para além de temperar  e conservar a comida, também pode ser usado nas limpezas da casa, e não só. 


As 20 maiores utilidades do sal

  1. Mantenha as flores de corte por mais tempo. Para tal basta juntar uma pitada de sal na água do vaso e verá que elas durarão mais tempo.
  2.  Limpe as flores artificiais, coloque as flores num saco preferencialmente de papel, com um pouco de sal. Feche e agite-o. A fricção entre as flores artificiais e as pedras de sal vai soltar e remover as sujidades.
  3. Retire as manchas de ferrugem nos tecidos, junte sal com sumo sumo de limão, humedeça bem a mancha e coloque ao sol. Por fim é só lavar como habitualmente.
  4. Remova as manchas de sangue da roupa. Molhe-a em água fria com um punhado de sal. Lave com detergente e ferva-a.
  5. Aumente a vida útil das suas esponjas, basta mergulhá-las em água e sal após a sua utilização.
  6. Derreta a neve da rua, polvilhando sal sobre a mesma na média de 250 gr por metro quadrado.
  7. Afaste as formigas, basta colocar umas pedras de sal nos seus locais de passagem.
  8. Remova as manchas de suor das suas roupas, para este efeito misture 1 litro de água com duas colheres de sopa de sal e esfregar a parte da roupa afectada com esta mistura.
  9. Afaste o mau cheiro e humidade dos seus sapatos, coloque um pouco de sal no seu interior.
  10. Retire a casca dos ovos mais facilmente, para isso acrescente sal à água da cozedura e a casca sairá mais inteira.
  11. Controle as ervas daninhas com sal, espalhe-lhe-o ao redor das mesmas,  no entanto deverá ter em atenção ao excesso de salinidade do solo.
  12. Remova as células mortas da pele, adicionando sal em azeite ou num óleo essencial, aplique a mistura na pele e esfregue suavemente antes do duche. Esta prática ajuda ao rejuvenescimento da pele e melhora o seu aspecto.
  13. Devolva o brilho às peças de prata, cobre, bronze e estanho, com uma mistura de vinagre e sal em partes iguais. Aplique-a nos objectos pretendidos e deixe actuar por uns minutos, esfregue com uma escova ou esfregão e seque com um pano limpo.
  14. Retire o óleo incrustado nos utensílios, aplique sal por cima, deixe actuar, esfregue e lave normalmente.
  15. Neutralize os maus odores de recipientes de plástico, garrafas e frascos de vidro. Coloque uma colher de sal dentro do recipiente pretendido agite e deixe por alguns minutos. Por fim lave a peça normalmente.
  16. Remova os resíduos de leite queimado das cafeteiras. Aplique um punhado de sal sobre as zonas afectadas, espere alguns minutos e esfregue.
  17. Evite o aparecimento de bolores no queijo. Molhe um pano em água e sal e envolva o queijo, depois guarde-o normalmente no frigorífico.
  18. Devolva a brancura aos seus tecidos de linho, fervendo-os por uma hora numa solução de água com sal e bicarbonato de sódio.
  19. Remova a fuligem acumulada nas lareiras. Atire um punhado de sal sobre as chamas, vai provocar umas labaredas amarelas. Esta operação é importante porque vai limpar a fuligem, prevenir os incêndios da chaminé e promover o seu melhor funcionamento.
  20. Limpe e desodorize o seu frigorífico. faça uma mistura de sal com bicarbonato de sódio e e uma pequena quantidade de água . Lave o frigorífico com esta mistura.
Veja aqui outras vantagens deste mineral para a saúde: Os poderes do sal
18.1.17

Benefícios do óleo de alecrim

Benefícios do óleo de alecrim e como fazer

O alecrim possui poderes terapêuticos importantes e pode ser usado de diversas formas, seja em infusões, seco ou fresco. O óleo de alecrim é uma das formas de utilizar os importantes benefícios do alecrim, têm sido usado ao longo dos século para uma inúmera diversidade de fins.

As melhores vantagens do óleo de alecrim


O óleo de alecrim possui inúmeras propriedades para a saúde, entre elas destacam-se as propriedades anti inflamatórias e calmantes, que permitem melhorar o estado geral. Quando aplicado em massagem é facilmente absorvido através dos poros, o que permite reduzir vários tipos de inflamações como as da artrite, reumatismo e até das hemorróides.

Quando usado em massagem o óleo de alecrim melhora a circulação sanguínea, age como calmante, combate as dores reumáticas e dores musculares. Quando aplicado nas têmporas, testa e nuca, ajuda a aliviar as enxaquecas, o stress e melhora a energia mental.

Outra das grandes vantagens do óleo de alecrim são as suas propriedades anticépticas e antibióticos. Estes atributos permitem uma aceleração na cura e cicatrização de vários tipos de lesões superficiais. O óleo controla os microorganismos e acelera a regeneração da pele.

Aplicado no couro cabeludo, estimula o crescimento dos cabelos, combate a caspa e a queda de cabelo. Realize pequenas massagens e deixe actuar por alguns minutos antes de lavar os cabelos. Poderá também aplicar duas ou três gotas no shampoo e lavar o cabelo normalmente. Veja também: Alecrim para cabelos mais fortes

Melhora os sintomas da gripe e dos resfriados, como tosse, nariz entupido e congestão nasal. Coloque uma a duas gotas de óleo de alecrim  no peito e na garganta a cada três horas e massaje até a pele absorver todo o óleo. No caso do nariz entupido, coloque uma gota de óleo de alecrim de cada lado do nariz, de forma a poder respirá-lo e desentupir as fossas nasais.

Curiosidades sobre o óleo de alecrim


O óleo de alecrim é muito concentrado, como tal deve ser diluído antes de usado, sob o risco de provocar irritações, coceira ou inflamação em pele mais sensíveis.

Este óleo é símbolo da vitalidade, espiritualidade, fidelidade e individualidade, a sua obtenção dá-se por meio da destilação das folhas da planta, mas poderá fazer uma versão caseira menos concentrada, mas não menos importante.

A planta de alecrim pode ser cultivada sem problemas nos climas temperados, mas a sua maior produção com fim ao fabrico de óleos essências verifica-se em Espanha, França e Marrocos.

O óleo de alecrim deve ser evitado por grávidas, no passado ele era usado para provocar o parto.

Como fazer óleo de alecrim caseiro


Vai necessitar de 250 ml de azeite de oliva e uma chávena de folhas de alecrim secas.
Coloque o alecrim e o azeite numa taça refractária. meta a taça dentro de uma caçarola com água e leve ao lume a ferver muito lentamente, por umas três horas. Mantenha o recipiente abafado até a mistura arrefecer. Depois esprema a mistura com ajuda de um pano limpo. Deite num frasco de vidro esterilizado e rolhe bem. Este óleo de alecrim dura no máximo um ano, deve mantido em local fresco e escuro.
LinkWithin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...